Sábado, 16 de Abril de 2016

Love Leters I

 

A noite é triste sem ti meu amor!...

 As saudades apertam sempre que olho à minha volta e não te encontro..

 O que eu dava para te ter aqui à minha beira, fazer parte do teu dia, dos teus momentos bons e menos bons, da tua

família...

Dou por mim a pensar como será fazer parte do teu dia a dia,da tua rotina ?

O quanto não deve ser bom estar em casa e ao final do dia, poder ouvir o som da fechadura a rodar e depois te poder

contemplar...

Seria tão fácil fazeres-me feliz, era preciso tão pouco..O meu maior orgulho é ser a tua mulher, passar na rua do teu

lado e todos saberem que sou tua, que és meu!

 

Como é que a vida pode ser tão cruel, ao ponto de nos unir, para estarmos afastados? Será isso possível? Acontecer algo para depois de nada servir??

Não! Não poderá ser possível, a vida não nos pode só ter reservado uma, duas vezes por ano, para podermos dizer ao ouvido um do outro “que és tudo para mim”.. que te amo muito”...

 

As lágrimas que choro por ti, derramaria-as de novo vezes e vezes sem conta, porque de todas as vezes que choro por ti quer dizer que estivemos juntos! 

Sim, não são lágrimas de dor, são lágrimas de paixão, de saudade, de amor...

Doí a alma não te poder dizer, neste momento, que és a minha luz! És tudo o que sempre sonhei!

 

Tenho o teu cheiro em mim, e o teu olhar e sorrisos gravados na minha mente...quando te vou poder abraçar? Diz-me!...

Porque odeio ter de esperar, ter de contar dias, horas e minutos que nunca passam para te poder abraçar, e depois quando te abraço, tudo parece acabar lá fora, e esses malditos segundos que até à pouco não passavam, agora giram de tal maneira que jamais os posso parar!

Sim queria parar o tempo quando estou nos teus braços, porque é neles que me sinto segura, que me sinto eu!

 

Porque te vás meu amor e contigo levas-me também? Sempre que te vais a minha vida passa sem sentido, e só volto a viver no dia do teu regresso... sempre que partes a dor é tão grande que parece ferir o meu peito, a voz torna-se trémula e os meus olhos pequenos demais para enxergar o avião que te leva...

 

Volta! Não digas nunca mais que “não é um adeus, é um até já”, eu quero é que digas que é um pr'a sempre!

Vem para os meus braços, deixa-me dizer que te amo, porque de todas a milésimas vezes que já to disse, acho que não foi suficiente para mostrar um pouquinho daquilo que sinto por ti!

 

“O facto de tu existires é suficiente para suportar a dor de não estar contigo”... oh amor mas doí, doí saber que não sou eu quem vés todos os dias ao acordares.. não sou eu por quem chamas, nem quem beijas, ou sentes o cheiro da pele, não sou eu ...

 

És tão especial, especial demais para que uma simples carta seja sequer merecedora de te mencionar, tudo o que aqui diga jamais será o que na realidade é! Porque sim! És tu o tal!

 

Meu querido menino se tu soubesses.. se soubesses...

 

Maria - a Tua!

 

 

 

publicado por Maria às 17:32

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Abril de 2016

Por ondas tu?...

Por andas tu meu estranho?....

 

Sim, tu! Aquele que me "roubou" a vida, para a virar do avesso..

Peguntei-te, um dia, porque te conheci?

Disseste-me -" Para te mostrar a felicidade!"

"Pegaste" na minha vida como se fosse tua, fizeste dela um balão de ar quente em que o único rumo é o teu coração.

Por onde andas tu meu estranho?

Sim, tu! Aquele que um dia estava presente, em todos os minutos do meu dia, e assim do nada desapareceu..

Levaste o maior pedaço de mim contigo, e enquanto não volatres esse pedaço não volta também.

 

Por andas tu meu estranho?..
Fazes-me falta e preciso de ti .. no meu coração, a tua casa. 

 

 

Maria, a tua!

publicado por Maria às 15:30

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Abril de 2016

Os teus caminhos

Há dias encontrei este texto... e como é bom saber que alguem escreveu o que a nossa alma grita por dentro baixinho..

"Os caminhos que as tuas mãos traçam no meu corpo, quero memoriza-los, cada um deles, desde os mais ternos, aos mais ousados.

O fogo que em mim atesaste, e que arde em cada um desses caminhos, irá criar, em cada um deles, uma cicatriz que ficará gravada na minha alma, para que depois de ti, onde um dia existiu intimidade, apenas exista compaixão.

Quero, que depois do teu abandono, e nesse mapa de sensualidade criado em mim fique, apenas e só, a dor da tua ausencia, enraizada em cada uma dessas cicatrizes, para que nunca mais  nenhumas mãos, o consigam recriar.

De cada vez que me tens nos teus braços, escreves em mim, o teu nome e gravas no meu coraçao as suas letras.

Quero, que depois de ti mais nenhum nome entoe em mim. Sempre, que por ti chamar, o timbre do teu nome ressoará e fará doer as cicatrizes, onde casa uma das letras que completa o teu nome está gravada dentro de mim.

 

Maria - a tua!

publicado por Maria às 16:13

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Abril de 2016

a saúdade

Há pouco secava os meus cabelos, agora da côr de avelã...

Enquanto esvoaçavam pelo ar do secador, lembrei-me de como os agarravas, dizias que me " adoravas ver cabeluda"..

As águas, os vários duches já lavaram o toque das tuas mãos pelos meus cabelos, pelo meu corpo.. Aos poucos já nada tenho de ti em mim :(....

 

Lembro-me de me agarrares os longos cabelos e de me beijares as costas, amava aqueles beijos assim vindos do nada, sem eu pedir, como sinal de carinho num momento louco de prazer...

Carinhosamente chamavas-me de princesa..há bem pouco tempo eu era a tua princesa, a tua!..

 

Acabei de secar os cabelos e penso : agora para quem seco o cabelo? Para quem me cuido e arranjo? Ah! o velho cliché -  arranja-te para ti, se não gostares de ti, quem gostará!? - tretas! Nós sempre nos arranjamos para alguém, porque a mulher foi feita para ser desejada pelo homem, feita da costela esquerda do homem para este a proteger... e este cliché, este sim é o que nós seguimos...

 

As lágrimas não me correm no rosto, não porque nao tenha vontade, mas porque o corpo tem limites.Sei que vou chorar de novo, vou esvaziar-me em lagrimas e deixar-me escorregar pela parede abaixo e ficar no chão a chorar a apertar o peito com a mão porque é dor é grande para não o fazer...

Sei que vou ter muitos dias maus, que por mais distraída que pareça, tu estarás sempre sempre no meu pensamento..E a tristeza estará a invadir-me o coracão, sei que haverá dias em tudo me vai fazer lembrar de ti, vou olhar para sitios e saber que ele estiveste, verei um carro e sei que foi igual ao teu, ir na rua e ouvir chamar pelo teu nome, abrir uma revista e estar lá escarrapachada a tua cidade..abrir a tv e assim "out of the blue" aparecer sítios recônditos, que nem ao diabo lembra mas que para nós significou alguma coisa..

Ou simplesmente sentar-me no carro e passar na rádio uma das musicas que ouvimos juntos, enquanto passeamos, ou aquela que dançamos em roupa interior.. abraçados um ao outro..Lembras-te? Nunca abri os olhos mas podia sentir as tuas longas pestanas na minha face, no meu pescoço..sabes aquela musica, a da chuva?

Que diz que " há gente que fica na alma, e na historia da gente. E o dia em que tu me deixaste não posso esquecer..A chuva molhava-me o rosto, gelado e cansado.

As ruas que a cidade tinha, ja eu percorrera. Ai! meu choro de moço perdido, gritava à cidade - que o fogo do amor sobre a chuva às instantes morrera.. A chuva ouviu e calou meu segredo à cidade.. E eis! que  ela bate no vidro trazendo a saudade..."

 

Saudade...é o que sinto de ti, do teu cheiro, presença, riso desconcertante, olhar sedutor, do teu corpo, das tua mãos..Da tua voz!.. dos teus olhos. Os olhos verdes do meu menino..

Sim saudade é o que trago comigo e sinto-a agora..

 

 

amanha, depois, depois, depois...

 

De coração partido...

 

Maria - a tua!

 

 

 

publicado por Maria às 12:30

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando tu Amas Alguém!

. Meu porto de abrigo!

. Eu lembro-me!

. Quando nos doí a alma.

. 2017 Resolutions....

. A Blue Christmas.

. Na folha do papel .

. Nova Paixão Versus Grande...

. Era bem mais fácil!

. Love Leters I

.arquivos

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds